Aprenda a Silenciar…

“Nunca, nunca, nunca fale mal dos outros, mas, principalmente, não fale mal de si mesmo, não fique contando suas misérias, problemas e tristezas para encontrar conforto na ‘pena’ alheia. Atrair os olhos da piedade é desejar e invocar sobre si condições dignas de piedade.

Aprenda a Silenciar…

Silenciar é manter a mente concentrada sobre o que é verdadeiramente importante para si, é abster-se de colocações desnecessárias e dizer apenas aquilo que condiz com o que se ‘deseja ver manifesto no próprio Universo’.”

Caciano Compostela- Monge Rosacruz

Anúncios

Mania Besta!

Só acho que precisamos viver mais, a gente precisa procurar não pensar tanto e agir conforme manda o coração. Vamos perder essa mania besta de complicar demais as coisas simples, vamos abraçar as oportunidades e fazer com que a nossa existência valha a pena!

Mas é assim mesmo!

Tenho a impressão de que quando o mundo decide cair sobre a minha cabeça, é de uma vez só. Sensação de desmoronamento interior. É triste.

Ria da vida, antes que ela ria de você.

Já que você não está aqui, o que posso é fazer é cuidar de mim, quero ser feliz ao menos…

Há certas coisas que eu nunca deveria ter me interessado, dado ouvidos, procurado, nem corrido atrás.

Mas é assim mesmo, vivendo, errando e aprendendo!

Os sabores do amor…

Gaste seu amor. Usufrua-o até o fim. Enfrente os bons e os maus momentos, passe por tudo que tiver que passar, não se economize. Sinta todos os sabores que o amor tem, desde o adocicado do início até o amargo do fim, mas não saia da história na metade. Amores precisam dar a volta ao redor de si mesmo, fechando o próprio ciclo. Isso é que libera a gente para ser feliz de novo.”

__ Martha Medeiros

Apenas viva!

“Resolvi aceitar algumas coisas da vida, sem dor. Ninguém vai ser como você sonha, não espere consideração nem que os outros façam o que você faria. Não espere que valorizem seu esforço. Não espere que lhe ofereçam a mão. Apenas viva. Aceite que é preciso deixar o orgulho de lado e dizer preciso-de-você-agora. É preciso entender que o outro é diferente e de vez em quando ele vai lhe magoar (e você precisa lidar com isso, senão vive só). Não espere compreensão. Não espere que a vida seja fácil. Nem sempre ela é. Não espere para viver, tem coisa que não volta.”

A maior prova!

A maior prova de amor próprio que você pode se dar, é desisti daquilo que você tem certeza que te fará mal. Só vale a pena amar alguém que estará disposto à te amar com a mesma intensidade. Caso contrário, amar sozinho é perda de tempo, é perda de vida. Perder tempo com aquilo que não te acrescenta em nada é a maior prova de burrice que existe. Olhe ao seu redor e veja quantas pessoas incríveis, e você aí se fechando pro mundo. Acorda pra vida enquanto ela não se fecha pra você!

Para refletir:

O dia mais belo: hoje
A coisa mais fácil: errar
O maior obstáculo: o medo
O maior erro: o abandono
A raiz de todos os males: o egoísmo
A distração mais bela: o trabalho
A pior derrota: o desânimo
Os melhores professores: as crianças
A primeira necessidade: comunicar-se
O que traz felicidade: ser útil aos demais
O pior defeito: o mau humor
A pessoa mais perigosa: a mentirosa
O pior sentimento: o rancor
O presente mais belo: o perdão
o mais imprescindível: o lar
A rota mais rápida: o caminho certo
A sensação mais agradável: a paz interior
A maior proteção efetiva: o sorriso
O maior remédio: o otimismo
A maior satisfação: o dever cumprido
A força mais potente do mundo: a fé
As pessoas mais necessárias: os pais
A mais bela de todas as coisas: O AMOR!!!
Presente!!!

Conselhos de Chico Xavier

” A gente pode morar numa casa mais ou menos, numa rua mais ou menos, numa cidade mais ou menos, e até ter um governo mais ou menos.
A gente pode dormir numa cama mais ou menos, comer um feijão mais ou menos, ter um transporte mais ou menos, e até ser obrigado a acreditar mais ou menos no futuro.
A gente pode olhar em volta e sentir que tudo está mais ou menos…
Tudo bem!
O que a gente não pode mesmo, nunca, de jeito nenhum…
é amar mais ou menos, sonhar mais ou menos, ser amigo mais ou menos, namorar mais ou menos, ter fé mais ou menos, e acreditar mais ou menos.
Senão a gente corre o risco de se tornar uma pessoa mais ou menos.”

Chico Xavier