Gostei deste texto.

“Meu universo é diferente dos demais, não aceito histórias pelas metades, sou exigente e amante do infinito, meus pensamentos são violentos e espancam meu interior, tenho saudades constantes, mas não sei exatamente de quem, ou do que. Vivo na angustia da espera por algo incerto, quero tudo, quero o mundo, e daqui a dois minutos, já não quero nada, tudo se torna piada. Não sei quem sou, o que faço, me sinto um reflexo de algo abstrato. Ando perdido, sem norte, sem bússola, sem estrela guia, sem santo, sem céu. Ando na sombra, na névoa, sempre com um toque amargurado, enfraquecido que raramente é compreendido, passo um bom tempo olhando nos meus próprios olhos, buscando respostas que tragam sentido. Talvez eu seja o sonho de alguém, que depois de um longo dia cansativo, deitou, mas em vida nunca me encontrou. Aqueles que me vêem diariamente mal sabem que a dor, na minha porta bateu, e na minha alma se alastrou – como o fogo que inflamou e destruiu tudo por onde andou.”

Sean Wilhelm

Anúncios

Um pensamento sobre “Gostei deste texto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s