Vivendo mais com menos.

Camila Fernandes

Diário de viagem, parte… não sei. Afinal, quem está contando?

A janela e o mundo. A janela e o mundo.

Quando morava em São Paulo, vivia em um apartamento alugado de 2 quartos. O amplo corredor fazia eco; eu odiava. Tinha dormitório, escritório combinado com o do marido, sala grande para receber os amigos, fogão de quatro bocas, área de serviço com janelão, cantos mil para guardar tralhas mil que eu me dava o luxo de juntar. (Criada em casas com quintal enorme no tempo em que pagar aluguel nessa cidade era uma missão possível, eu ainda lamentava a ausência de uma varanda.)

Um mês atrás, “morei” (se é que a palavra cabe aqui) por 31 dias em Marselha. Tinha varanda, mas um quarto só. Ficava em uma ruazinha onde as pessoas estendiam roupa à vista, do lado de fora das janelas e sacadas. Hábito que nós, crianças de quintal, muito estranhamos. Acostumamos. A…

Ver o post original 430 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s