Estações

Duas Fridas

Depois de um verão incandescente que pareceu interminável, o outono tomou posse de uma hora pra outra, como se tivesse apenas ido ali comprar cigarro. Não houve transição, a temperatura não foi cedendo. Dormimos nus e no dia seguinte já foi preciso um casaquinho. Fiquei um pouco desnorteada, preciso de transições, rituais, equinócios. (Tenho dificuldades com rupturas).  Acho que isso explica a temporada recente de banzo e desânimo: estações se sucedendo apressadamente, o tempo virando sem me dar tempo para me acostumar. (Preciso de uma explicação, nem precisa ser lógica.)

**

Sabe ‘I put a spell on you’? Poizé, acho que foi isso. Sendo que, o ‘you’, no caso, sou eu. Quer dizer musicalmente impecável, afetivamente um desastre. Fecho com a Nina Simone, mas podemos mudar para ‘Feeling good’?

**

Ando cansada. Cansada das pessoas, cansada da maneira como lidamos com o mundo, como fazemos política. Cansada de estar cansada…

Ver o post original 114 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s