Marco civil Já, Feminismo nas Ruas e nas Redes até que todas sejamos livres

Marcha Mundial das Mulheres

Por: Clareana Cunha*

Nesta Semana pela Democratização da Comunicação, diversas entidades e movimentos estão buscando assinaturas para o Projeto de Lei de Iniciativa Popular por um novo Marco Regulatório das Comunicações. Faz-se necessário colocar nesse contexto uma outra luta relacionada a comunicação: a luta pelo Marco Civil da Internet e por uma internet mais democrática e não machista.

As tecnologias de informação e comunicação (TICs) representam uma alternativa aos meios de comunicação de massa tradicionais, e viabilizam uma forma de ativismo pela internet, chamada de ativismo digital ou ciberativismo. Ou seja: o uso da internet para divulgar causas, fazer reivindicações e organizar mobilizações.

A internet desenvolve-se, no contexto da comunicação, como um oxigênio para os meios tradicionais e, para nós feministas, vem sendo o canal por onde conseguimos propagar nossas pautas e mobilizar para nossas ações. Contudo, é fundamental ressaltar que da, mesma forma como o machismo está presente nos…

Ver o post original 349 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s